PUBLICIDADE
Topo

Seguradora americana lista dez carros para investir em 2020

Rodrigo Mora

18/01/2020 07h00

(SÃO PAULO) – Renomada seguradora norte-americana especializada em clássicos, a Hagerty revelou a lista de carros que merecem atenção em 2020. Na sua visão, invista nestes modelos (aqui dispostos em ordem meramente alfabética):

Acura Integra Type R, 1997 a 2001

"Embora a tração dianteira seja geralmente evitada por entusiastas, o Type R é amplamente considerado o melhor de todos os tempos. Um mito para os Millenials. A versão R é super rara e difícil de encontrar em boa forma. Eles foram recentemente adicionados ao nosso guia de preços porque há três anos suas vendas eram escassas".

Acura Integra Type R (Imagem: divulgação)

BMW Z3 M Roadster, 1998 a 2002

"Os modelos da série M estão em alta, mas o roadster M foi esquecido por um longo tempo porque se parece muito com um Z3 comum. Contudo, eles estão subindo agora. O cupê já se destacou, e os valores do roadster subiram 22% para as versões de 315 cv e 31% para as de 240 cv. Ainda assim, M roadsters em bom estado continuam valendo a metade de um M cupê em bom estado".

BMW Z3 M Roadster (Imagem: divulgação)

Dodge Viper GTS, 1996 a 2002

"O Viper tem uma reputação de ser grosseiro e intransigente, mas é um carro para quem gosta de dirigir e uma experiência visceral. O design estranho envelheceu bem, e não há muitos em boas condições. Os primeiros carros agora são vistos como desejáveis".

Dodge Viper GTS (Imagem: divulgação)

Ferrari 360 Modena, 1999 a 2005

"Muitos desses carros estão saindo das apólices de seguro normais e entrando nas apólices da Hagerty, um aumento de 211% nos últimos três anos. O que significa que eles estão ganhando mais reputação de carro de entusiasta ou colecionável do que exótico usado. O design envelheceu bem e parece elegante, de uma maneira que muitos modelos daquela época não são. Aqueles com transmissão de F-1 eram mais comuns, mas os com câmbio manual são o que os colecionadores querem".

Ferrari 360 Modena (Imagem: divulgação)

Honda CRX Si, 1988 a 1991

"Eles enchiam todos os estacionamentos do ensino médio nos anos 1990, e os Millennials agora representam 60% das cotações. Um dos primeiros carros japoneses esportivos com tração nas rodas dianteiras a obter amplo reconhecimento dos entusiastas, é um símbolo da idade de ouro da Honda. Rápido e parecido com um kart e capaz de tornar qualquer condução divertida".

Honda CRX Si (Imagem: divulgação)

International Harvester Scout, 1971 a 1980

"A moda dos SUVs antigos está forte há oito anos, mas os Scouts ainda não se destacaram como os FJ40, Broncos e Blazers. A maioria dos Scouts apodreceu, mas você está começando a vê-los sendo restaurados. A geração X representa 56% das cotações. E se a geração X gosta deles, os valores aumentarão.

International Harvester Scout (Imagem: divulgação)

Jeep Cherokee, 1984 a 2001

"Uma relativa barganha em comparação com outros utilitários legítimos da época, como o FJ60 Land Cruiser. Todo mundo adora um Jeep, e este tem uma aparência classicamente robusta em um pacote de tamanho razoável, além de uma tonelada de suporte no pós-venda".

Jeep Cherokee (Imagem: divulgação)

Land Rover Range Rover, 1970 a 1995

"Este é um veículo que agrada às gerações Millenials e X, e é acessível porque é conhecido por ser problemático. O sucesso atual da marca leva as pessoas a olharem para o catálogo de veículos antigos, e este modelo estabeleceu muitas influências de design que orientam a Land Rover hoje e que foram copiadas por outros fabricantes".

Land Rover Range Rover (Imagem: divulgação)

Porsche 914, 1976

"O terceiro carro de rua projetado pela Porsche é a maneira mais barata de entrar em um Porsche antigo. O 914 está sendo reavaliado por seu excelente manuseio e acessibilidade. A associação com a Volkswagen, que outrora manchou sua reputação, agora traz menos impacto entre os compradores mais jovens".

(Imagem: divulgação)

Volkswagen Corrado, 1990 a 1995

"Este carro agrada igualmente a todas as faixas etárias. Com modelos valendo US$ 6.500, é uma porta de entrada mais barata que um Golf GTI da mesma fase, porém mais raro. Nossas cotações de seguro para o Corrado aumentaram 25%, então o interesse nele está aumentando".

Volkswagen Corrado (Imagem: divulgação)

 

Sobre o autor

Rodrigo não Mora apenas nos Clássicos. Em sua trajetória no jornalismo automotivo, já passou por Auto+, iG, G1, Folha de S. Paulo e A Tarde - sempre em busca do que os carros têm a dizer. Hoje, reúne todos - clássicos e novos - nas páginas das revistas Carbono UOMO e Ahead Mag e no seu Instagram, @moranoscarros.

Sobre o blog

O blog Mora nos Clássicos contará as grandes histórias sobre as pessoas e os carros do universo antigo mobilista. Nesse percurso, visitará museus, eventos e encontros de automóveis antigos - com um pouco de sorte, dirigirá alguns deles também.

Mora nos Clássicos