Topo
Mora nos Clássicos

Mora nos Clássicos

Ayrton Senna, 59

Rodrigo Mora

2021-03-20T19:15:28

21/03/2019 15h28

(SÃO PAULO) – Se vivo estivesse, Ayrton Senna completaria hoje 59 anos. Muito já se especulou sobre o que estaria fazendo, e esta matéria do Rodrigo França, hoje assessor de imprensa do Instituto Ayrton Senna, é o melhor resumo de tantas conjecturas.

Pouca gente sabe da verdadeira história da foto abaixo, registrada pelo amigo Alex Ruffo."Durante o GP da Inglaterra de 1991, em Silverstone, minutos antes de o Ayrton sair para sua volta rápida, os mecânicos começaram a retirar os fotógrafos do box da McLaren. Me preparava para cair fora quando, com um sinal de mão, o Ayrton impediu que eu também fosse retirado de minha posição, bem ao lado de seu cockpit, me dando a oportunidade de registrar esse momento mágico de extrema concentração".

Quando a foto correu o mundo nas capas das revistas Autosprint (italiana), Autospoort (inglesa), Autopista (espanhola) e mais tarde na brasileira Speedway, logo deduziram que Senna estava rezando, baseando-se na conhecida religiosidade do piloto.

Mas a verdade é que Senna estava observando os tempos de volta dos rivais no monitor à sua frente. Como a tela estava pendurada no alto e o capacete impedia erguer totalmente a cabeça, esse movimento com as mãos serviu para abrir seu campo de visão.

O inglês Nigel Mansell fez a pole, seguido por Senna – que pela primeira vez naquela temporada não subiu ao pódio.

(Imagem: Alex Ruffo/Speedway)

 

Sobre o autor

Rodrigo não Mora apenas nos Clássicos. Em sua trajetória no jornalismo automotivo, já passou por Auto+, iG, G1, Folha de S. Paulo e A Tarde - sempre em busca do que os carros têm a dizer. Hoje, reúne todos - clássicos e novos - nas páginas das revistas Carbono UOMO e Ahead Mag e no seu Instagram, @moranoscarros.

Sobre o blog

O blog Mora nos Clássicos contará as grandes histórias sobre as pessoas e os carros do universo antigo mobilista. Nesse percurso, visitará museus, eventos e encontros de automóveis antigos - com um pouco de sorte, dirigirá alguns deles também.